28 de fevereiro de 2008

Ano escolar - o confronto final

Engraçado... Durante o ano não queremos mais ver nossos professores e colegas. Não queremos mais saber de trabalhos. Não aguentamos mais escrever naqueles cadernos... Mas, quando se aproxima o fim das férias, não vemos a hora de voltar tudo isso! Sentimos saudade do pessoal da escola, arrumamos nossos cadernos novos e não vemos a hora de enchê-los de letrinhas explicando análise sintática, Revolução Russa, química orgânica, verb to be (presente em todos os anos), fisiologia animal e vegetal e tantas outras coisas... Porém, lá por junho, todo mundo já está louco por férias!
Daí vem as férias de julho que, nas escolas aqui do Rio Grande, duram no máximo 10 dias. Mas o que fazer com férias em pleno inverno? Bem, no meu caso, muito. O congresso de artes dura uma semana e ocorre nas férias de julho. Graças a Deus! Senão eu ficaria em casa vendo a Sessão da Tarde.
Voltando pra escola, o segundo semestre passa mais rápido, principalmente por causa da gincana! Uma semana de tarefas, micos, gritaria e muita canseira. E a vontade de férias continua!
Passada a gincana, apenas as provas finais e fim de papo. Uns riem e outros choram.
O ciclo de estou-de-férias-quero-escola-estou-na-escola-quero-férias volta todos os anos. Pelo menos pra quem não está no 3º.
Para esses a escola agora é só saudade. É só um tempo que passou. Que, na época, achavam a maior chatice, mas que, agora, dariam tudo para voltar pra lá. Ficam pensando: "E agora? Faço faculdade ou intercâmbio?" "Do um jeito na vida ou vou pra Santa surfar?" "Vejo Sessão da Tarde ou Márcia?" "Caso ou compro uma bicicleta?".
Ou, aqueles que já tem a decisão de fazerem faculdade, pensam: "Estudei o suficiente pro vestibular?" "Valeu a pena ficar o tempo todo estudando sem passear, sem ver tv, sem msn e sem ballet?" "E SE EU NÃO PASSAR??? O que que eu faço da vida??"

Tá, chega! 2008 nem começou direito!

Desculpem-me pelos devaneios escolares... Acho que é ansiedade pelo primeiro dia e aula. No 3º ano.

Basta para cada dia o seu próprio mal.

25 de fevereiro de 2008

Paradeiro da autora

Só estou dando uma passadinha rápida por aqui pra avisar que estou de férias. A Cidade do Fim do Mundo, mais conhecida como Balneário Pinhal fica no litoral do Rio Grande do Sul, ou seja, não vale muito a pena conhecer. Apesar disso, estou bolando muita coisa pra esse ano!
Aqui onde estou a hora na internet custa R$2,00. Então, quando não gasto o dinheiro com sorvete, resolvo aparecer na lan house, mas tenho tanta saudade dos meus amigos que apenas falo com eles e não tenho tempo de escrever nada pro blog.
Prometo que a partir de março, conforme os estudos permitirem, atualizarei...
Até lá!