22 de setembro de 2008

24 horas

Amanhece.
Vejo a "luz em minha janela" - o nascente. Mais um dia feito pelas tuas mãos! Misericórdias renovadas, esperança renovada. O choro da noite já se foi e o sol trouxe a alegria - o sol da manhã!
Cedo te adoro, antes que o mundo acorde para te negar.
Durante o dia...
Tu estás nos detalhes, tudo tem nova cor, novo sabor!
Aparecem os problemas... Porém, não serei grandemente abalada, tu és minha força. Posso ir aos céus, ou descer ao abismo, mesmo assim tu estás comigo.
No entanto, se enfraqueço, tu me dizes que na minha fraqueza tu operas fortaleza. Se me canso, tu me renovas! Se falho, tu me perdoas! Se desisto tu me lembras (Pv. 21:31)!
Enfim... Estás comigo a cada instante. Estás em "cada um dos meus pensamentos".
Anoitece.
Posso ver o pôr-do-sol quando volto para casa. O horizonte, o futuro. "Para o poente do sol será o vosso limite" - afirma tua doce voz. Mas e as dúvidas... Como chegar lá? "Sê forte e corajosa, não temas nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo por onde quer que andares". Sorrio. Como pude duvidar?
A noite vai caindo, mas não é uma noite do choro como fora a outra. As estrelas já brilham no céu! Sim, lá estão elas! Minhas promessas feitas por ti! "Olha para os céus e conta as estrelas, se é que o podes." Elas nunca me deixam esquecer, nunca me deixam duvidar.
Ao seu lado, a lua. Imensa, branca, brilhante, mas sem luz própria. Tudo o que faz é refletir a luz de alguém maior e mais poderoso: o sol! Deixe-me ser como a lua! Apenas um reflexo teu, que ilumina a noite, olhando para as estrelas.
"Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro."
Tu és meu universo.

"24 horas e ainda assim é muito pouco!"

9 de setembro de 2008

Ventania

Descrição da ventania

Ela é forte e inconstante.
Nunca deixa as coisas iguais depois que passa, por isso representa grandes mudanças.
Gosta de cabelos soltos, por isso os faz voarem.
Viaja muito e vai cada vez mais longe...

Dá-me a sensação de voar!
Sorrisos das manhãs!

Foi assim que começou tudo...
"De repente, não mais que de repente."* (com um pedido de canetinhas!)
E assim é a cada dia.

.+**+.+**+.+**+.+**+.

Te amo muito amiga!
Não importa quão diferentes sejamos... É pra sempre nossa RARA VENTANIA!

.+**+.+**+.+**+.+**+.

*Vinícius de Moraes