26 de agosto de 2016

Restauração

O tempo
Tira o brilho
Vem a traça
E o cupim

O móvel
Outrora belo
De mal cuidado
Já vê seu fim

Os olhos
Do sonhador
Colocam tinta
Pano, verniz

A história
Do móvel velho
É reescrita
Dentro de mim